Recomendei: Dear White People

Olá pessoas, Eu sempre sumo e depois volto, mas sempre é bom voltar! Como é de praxe, estou aqui para mais um recomendei, espero que estejam empolgados. Irei falar sobre uma série que estreou em abril na Netflix, e fala sobre pontos muito importantes para a sociedade, e nos educa, seu nome é Dear White […]

Leia mais Recomendei: Dear White People

Para: Meu blog

Me desculpe, Por não estar presente. Por não ter textos na ponta da língua. Por não dar atenção devida. Me pergunto se é falta de tempo, de prioridades. Conhecendo a mim mesmo, acredito que seja organização, comodismo. É, talvez eu esteja mesmo caindo na rotina. Por isso, peço desculpas, espero que entenda, jamais como uma […]

Leia mais Para: Meu blog

Viver do clichê

Fico surpreso como as pessoas conseguem falar mal, de tantas coisas, às quais um dia desejaram. Dizem que amar é errado, se iludir são para os trouxas e exageram ao falar da dor alheia. Em algum momento, já fomos iludidos, apaixonados ou/e sofremos por algo sem à compreensão de alguém, não é de hoje que […]

Leia mais Viver do clichê

Reparei em mim

Descobri hoje, um medo que jamais se quer passou pela minha cabeça. Tenho medo de me comprometer com à rotina. Digo, trabalho e também coisas necessárias – muito necessárias –, mesmo sabendo disso, não saio do lugar. O sair, significa dentro da minha própria cabeça. As vezes tudo o que precisamos é se mover dentro […]

Leia mais Reparei em mim

Meu mudar

Pessoas vem e vão. E no meu dia a dia, isso ficou tão mais frequente. Entrando em minhas redes sociais, vejo a quantidade de gente que não consigo manter contato. Escrevendo isto, até parece que não ligo, ou não sinto vergonha na cara de admitir que não estou falando com “ninguém”.  As pessoas de hoje, […]

Leia mais Meu mudar

Por debaixo da escada

Por debaixo da escada Infortúnio de permanecer.  Pessoas querendo fazer das suas crenças (as minhas).  Passo por debaixo.  Não levo a superstição comigo. Me acompanhando há uma verdade.  Passarinhos considerados estranhos (em seu ninho). Vento do bater de asas daqueles que apontam.  Levantam meu vôo.  Sobressai minha visão.  Pássaro ou não.  Sou apenas um indivíduo […]

Leia mais Por debaixo da escada

Se encontrar (ele)

Ir para estação, a qual só tinha pisado uma única vez. De lá, iria andar pelo cartão postal mais famoso de cidade de São Paulo.. A destemida em incríveis tons de cinza (algumas outras cores também), Avenida Paulista. Foi neste lugar. Um ponto de encontro simples, comum, normal, nada de peculiar. Acredito na rotina desta […]

Leia mais Se encontrar (ele)